Nota de pesar – Andréa Hermógenes

O Conselho Estadual de Saúde de Minas Gerais (CES-MG) lamenta profundamente a perda da conselheira de Saúde, ANDRÉA HERMÓGENES, um exemplo e uma referência de representatividade no Controle Social. Andréa nos deixou nesta segunda-feira (28/3), mas permanece o seu exemplo de força, luta e coragem.

Andréa foi uma conselheira ativa e engajada na defesa do Sistema Único de Saúde (SUS) e nas lutas sindicais. Foi conselheira municipal de Saúde de Belo Horizonte, onde coordenou a Comissão de Saúde da Trabalhadora e do Trabalhador (CISTT) e a Câmara Técnica de Gestão da Força de Trabalho (CTGFT). Era servidora pública estadual, lotada no Hospital João XXIII, e no município de Belo Horizonte. Atuava na representação do funcionalismo como diretora do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Belo Horizonte (Sindibel) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT-MG). Também foi diretora do Sindicato Único dos Trabalhadores da Saúde de Minas Gerais (Sind-Saúde/MG), por dois mandatos.

Para nós, que seguimos nesta caminhada, Andréa Hermógenes deixa o legado inestimável de ensinamentos e dedicação na defesa da classe trabalhadora.

À família, amigas e amigos, companheiras e companheiros nesta jornada, nossos sentimentos e solidariedade.

ANDRÉA, PRESENTE!

Foto: Sind-Saúde

317 total views, 1 views today

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Accessibility