Logomarca da 1ª Conferência Estadual de Saúde das Mulheres

A Comissão Organizadora divulgou hoje a logomarca da 1ª Conferência Estadual de Saúde das Mulheres de Minas Gerais.

#SaúdeMulheresMineiras #NenhumDireitoAMenos #1ªCESMuMGconferênciaestadualdesaudedamulher_versãofinal

Representar todas as mulheres mineiras numa única projeção gráfica, majoritariamente visual e com uma limitação espacial preponderante, uma vez que não é possível lançar mão de muitos significantes devido ao risco de poluição visual. Eis o desafio proposto para a equipe de criação da Secretaria de Estado de Saúde, parceira do Conselho Estadual de Saúde, na elaboração da marca que se tornou oficialmente a identidade da I Conferência Estadual de Saúde das Mulheres.

O conceito de povo é compreendido como o conjunto de pessoas que falam a mesma língua, tem costumes e interesses semelhantes e tradições comuns, mas na prática não somos tão homogêneos. Há variações linguísticas, culturais e sociais entre pessoas consideradas integrantes do povo.

Sendo assim, ao pensarmos em representar a população feminina de nosso Estado, seria reducionista abordarmos a “mulher mineira”, mas sim as várias mulheres mineiras: ciganas, ribeirinhas, quilombolas, indígenas, mães, portadoras de deficiência física, portadoras de deficiência mental, presidiárias, lésbicas, bissexuais, transexuais, travestis, idosas, maduras, jovens, negras, loiras, morenas, ruivas, trabalhadoras e tantas outras em pluralidade e nuances.

Em nossa marca trouxemos algumas dessas mulheres, mas todas são parte do Sistema Único de Saúde – usuárias, gestoras e trabalhadoras – que lutam por sua cidadania com #NenhumDireitoAMenos ou a mais, mas com o fundamental direito à equidade. Temos representadas simbolicamente em sobreposição à identidade nacionalmente conhecida como “cruz do SUS” as mulheres deficientes e mães, as idosas, bissexuais, as indígenas, as negras, as trabalhadoras, as lésbicas e as transexuais.

1,941 total views, 1 views today

5 comentários em “Logomarca da 1ª Conferência Estadual de Saúde das Mulheres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Accessibility