“A enfermagem, por ser uma categoria essencial em qualquer instituição de Saúde, deveria ser mais reconhecida”

Acompanhe a entrevista com a enfermeira e conselheira estadual de Saúde, representante das trabalhadoras e dos trabalhadores pelo Coren/MG, Elânia Santos, que fala sobre os desafios da categoria e como enfermeiras e enfermeiros estão enfrentando a crise sanitária provocada pela Covid-19

Em tempos de pandemia do Novo Coronavírus, a importância de todas as categorias profissionais da Saúde tornou-se ainda mais evidente. São profissionais que estão atuando na linha de frente no atendimento às usuárias e aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), oferecendo a máxima dedicação no acolhimento e cuidado em uma das crises sanitárias mais alarmantes já vivenciadas pelo Brasil e pelo mundo. Dentre profissionais que se destacam neste cenário, estão as enfermeiras e os enfermeiros, profissionais essenciais, decisivas e decisivos na estrutura dos serviços de Saúde. Em reconhecimento à categoria, o dia 12 de maio foi escolhido como o Dia Internacional da Enfermagem e da Enfermeira e do Enfermeiro, data que lembra o nascimento da britânica Florence Nightingale uma pioneira da Enfermagem moderna, que nasceu em 12 de maio de 1820.

O crescimento dos casos da Covid-19 no país tem aumentado a sobrecarga de trabalho de enfermeiras e enfermeiros nas mais variadas estruturas de atendimento à Saúde, tanto no SUS como na rede privada, falta de Equipamentos de Proteção Individual (EPI), além do medo de contrair o Novo Coronavírus e de levá-lo para dentro de casa, podendo contaminar familiares. Para saber um pouco mais sobre os desafios enfrentados pela categoria e como enfermeiras e enfermeiros estão lidando com o combate ao Novo Coronavírus, o Conselho Estadual de Saúde (CES-MG) conversou com a enfermeira e conselheira estadual de Saúde, representante das trabalhadoras e trabalhadores pelo Conselho Regional de enfermagem de Minas Gerais (Coren-MG), Elânia Santos.

Ela destaca que a Enfermagem é uma profissão que está diretamente ligada ao enfrentamento da pandemia e que a maior carência enfrentada por trabalhadoras e trabalhadores da Saúde em geral é a falta EPI. Essa é a maior preocupação do Coren/MG nesse momento: “O profissional precisa preservar a sua vida, tem que estar bem para atender à população. O Coren deixa claro que toda e todo profissional que se recusar a atender por falta de EPI não será penalizado pelo Conselho”, afirma Elânia.

Além das dificuldades causadas pela pandemia a classe sempre vem sofrendo por um modelo “médico centrado” de Saúde. “A Enfermagem, por ser uma categoria essencial em qualquer instituição de Saúde, deveria ser mais reconhecida pelos nossos governantes que muitas vezes gratifica apenas uma categoria da Saúde. Essa gratificação deveria ser estendida para todas as categorias, principalmente a Enfermagem que está na porta de entrada de todas as instituições de saúde, muitas vezes exercendo as atividades com sobrecarga de trabalho, falta de equipamento, salários defasados, falta de incentivos pela gestão”, ressalta.

Tentando diminuir os impactos negativos na vida dessas trabalhadoras e trabalhadores, o Coren/MG está desenvolvendo várias ações de enfrentamento ao Novo Coronavírus como o comitê de crises, que atualiza diariamente as informações sobre a Covid-19, um plantão de fiscalização e também um manual de perguntas e respostas que segundo a conselheira de saúde está sendo muito utilizado por profissionais para se consultar e tirar suas dúvidas. O Coren também criou o projeto “Coren-MG ao seu lado”, que visa dar suporte emocional para profissionais de enfermagem: “Diante da incerteza e estresse provocados pela pandemia, os profissionais que estão na linha de frente são os que mais sofrem. A pressão para lidar com os doentes e também o medo de morrer podem provocar vários problemas de saúde mental como ansiedade e depressão. Preocupado com essa realidade o Coren criou o projeto Coren-MG ao seu lado”, enfatiza.

Considerando a relevância que a Enfermagem possui para o sistema de Saúde e, agora, em especial, no enfrentamento à Covid-19, o CES-MG deixa seu agradecimento a essas e esses profissionais de todo o estado de Minas Gerais e parabeniza pelo seu dia!

Não deixe de acompanhar os debates e ações do CES-MG, de suas câmaras técnicas e comissões em defesa de todas as categorias da Saúde tanto pelo site quanto pelas redes sociais oficiais; e apoie as ações do Coren/MG também pelo site https://www.corenmg.gov.br/ e redes sociais oficiais, onde são encontradas informações técnicas para enfermeiras e enfermeiros no enfrentamento à pandemia da Covid-19.

150 total views, 2 views today

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Accessibility