Aplicativo de consultas online para atendimento à Covid-19 está disponível para a população mineira

O aplicativo já pode ser instalado e oferece consultas médicas no conforto de casa e sem espera em clinicas e hospitais

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) apresentou às membras e membros da Mesa Diretora do Conselho Estadual de Saúde (CES-MG) o aplicativo Saúde Digital MG voltado para atendimentos de telemedicina aos pacientes com suspeita da Covid-19. A nova tecnologia foi apresentada pela assessora chefe de Parcerias em Saúde da SES-MG, Claudia Hermínia de Lima e Silva. O desenvolvimento da plataforma foi feito pela empresa Tecthools, que doou a tecnologia ao Estado, sem impacto financeiro para o Tesouro Estadual, uma vez que profissionais prestarão atendimento, entre médicas/os, enfermeiras/os, psicólogas/os, pertencentes aos quadros da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), além de profissionais voluntárias e voluntários captados pela Rede de Voluntariado Saúde (Covid-19). A assessora acrescenta que o aplicativo mineiro é o único que conta com uma triagem feita por inteligência artificial, além de orientar sobre sintomas não relacionados à Covid-19.

O aplicativo já está disponível para instalação na Play Store, dos sistemas operacionais Android, compatível com a maioria dos aparelhos de telefone celular. Claudia Hermínia destacou que o aplicativo é uma tecnologia que, dentre outras tantas, vem para ajudar a quem busca atendimento, sem precisar sair de casa. E também é uma das aliadas da saúde e de profissionais de Saúde no atendimento a pacientes. Por meio do Saúde Digital MG – Covid 19, cada consulta médica será oferecida no conforto de casa e sem espera em clínicas médicas e hospitais.

Para o vice-presidente do CES-MG, Ederson Alves, a plataforma será uma ferramenta essencial para os municípios mineiros, auxiliando no cuidado e atendimento com foco no Novo Coronavírus, de forma rápida e com atendimento e orientações de profissionais. “Certamente o aplicativo será fundamental nesse momento em que a demanda por atendimentos tem aumentado e que as pessoas precisam manter-se em casa e em segurança. Com o atendimento por meio de telemedicina, a usuária e usuário irão buscar atendimento hospitalar nos casos recomendados”, pondera.

O secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, avaliou no dia 08/05, data do lançamento que, por meio da plataforma, profissionais que farão atendimento realizarão triagem adequada, desafogando a busca por atendimentos presenciais nos serviços hospitalares e de pronto atendimento. “Dessa forma poderemos prestar melhor atendimento, diminuindo o risco de complicações”, asseverou.

Como funciona

Após preencher um formulário de autoavaliação do seu estado de saúde, a usuária ou usuário será direcionada ou direcionado para uma teleconsulta médica inicial. Cada usuária ou usuário tem a possibilidade de vincular outros familiares e pessoas que não têm um celular ou dispositivo com acesso à internet, como crianças e idosos.

De acordo com a especificidade da usuária ou usuário, a triagem pode sugerir uma primeira consulta médica virtual, que fará uma avaliação de seu quadro. Essa consulta será agendada e a usuária ou usuário será notificado por e-mail, SMS e pelo próprio aplicativo com 10 minutos de antecedência.

Após a realização da teleconsulta e a avaliação médica, as usuárias e usuários poderão ser acompanhados por enfermeiras e enfermeiros e psicólogas e psicólogos que darão sequência no atendimento. Caso seja necessária a emissão de atestados e prescrições médicas ou pedidos de exames, o “Saúde Digital MG – Covid19” disponibilizará estes documentos no próprio aplicativo, ou por e-mail. No caso de prescrição de medicamentos, a usuária ou usuário poderá imprimir a receita com a assinatura médica para direcionar-se até a farmácia de sua preferência – ou simplesmente mostrar o e-mail com o documento recebido em PDF.

Importante

Antes de iniciar a teleconsulta, é necessário estar em um lugar iluminado, com acesso à internet estável e a lista de medicamentos de uso contínuo em mãos. É preciso estar online e logado na plataforma com 5 minutos de antecedência.

*Com informações da Ascom SES-MG

286 total views, 1 views today

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Accessibility