Problemas relativos à saúde de trabalhadoras e trabalhadores e à gestão de recursos do SUS é tema de reunião da CISTT

A reunião da CISTT que ocorreu no CES-MG, no dia 03 de maio de 2023, teve como principal pauta a atenção voltada para a saúde das trabalhadoras e dos trabalhadores do estado de Minas Gerais por parte dos órgãos responsáveis por prover a saúde pública na unidade federativa em questão, o Ministério da Saúde e a Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais. A reunião contou, para além dos membros da CISTT, com a participação de representante do deputado estadual de Minas Gerais Betão. Durante a reunião, foram pontuados os impactos da falta de políticas de saúde pública eficientes voltados às trabalhadoras e aos trabalhadores em situação de maior vulnerabilidade e os impactos negativos da gestão dos últimos quatro anos nesse serviço, que foi marcado por tentativas de desmonte e privatizações.

Houve esclarecimentos sobre o “Manifesto do Controle Social de Minas Gerais” proposto pelas Centrais Sindicais em Minas Gerais, pelo Fórum Sindical e Popular de Saúde e Segurança das Trabalhadoras e dos Trabalhadores e pela CISTT/CES-MG, com análise situacional da gestão estadual e reivindicações a serem expostas em reunião a ser organizada pelo Conselho Estadual de Saúde com o Secretário de Estado da Saúde de Minas Gerais, a Coordenação Geral de Saúde do Trabalhador do Ministério da Saúde, os representantes das Centrais Sindicais, os movimentos populares e o Conselho dos Secretários Municipais de Saúde – COSEMS, com objetivo de debater a realização das reivindicações do Manifesto.

Além da discussão contemplada pelo Manifesto do Controle Social de Minas Gerais, a reunião do dia 3 de maio de 2023 também foi marcada pela troca de liderança na CISTT. O até então coordenador Antônio Pádua Aguiar deixou a coordenação da CISTT para se dedicar à presidência do Conselho Municipal de Saúde de Belo Horizonte. Sua saída foi marcada por comentários reconhecendo seus esforços e resultados durante o período que ficou na coordenação da CISTT. O conselheiro Rômulo Campos foi indicado, por unanimidade entre os conselheiros presentes, como o novo coordenador da CISTT, devido a sua dedicação e experiência com a organização. A conselheira Marta de Freitas foi apontada, com igual unanimidade, como subcoordenadora.

O Manifesto e as indicações para a coordenação e para a subcoordenação seguiram para apreciação da Mesa Diretora do CES-MG. Ficou agendada uma nova reunião para o dia 9 de maio de 2023 para discussão e deliberação, inclusive sobre os encaminhamentos propostos.

411 total views, 2 views today

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Accessibility