Conferência de Saúde Mental e a defesa da luta antimanicomial é assunto no programa Democracia e Saúde

Na última segunda-feira (11/4), foi realizado um debate sobre os retrocessos que vem acontecendo na política de Saúde Mental no Brasil como o desfinanciamento da rede substitutiva e incentivos financeiros para hospitais psiquiátricos e comunidades terapêuticas, iniciativas que ferem frontalmente a Reforma Psiquiátrica Antimanicomial. Outros pontos abordados foram a realização das Conferencias Municipais de Saúde Mental e a nomeação de uma ex-dirigente do CRM-MG para a Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte; importante ressaltar que esta corporação incentivou o uso do kit covid e propôs interdição ética nos Cersam’s em BH

1,052 total views, 1 views today

“Não existe saúde sem democracia”

Na semana da Marcha Virtual pela Vida, a médica sanitarista, Maria Angélica de Salles Dias, fala, em entrevista ao CES-MG, sobre a gestão da saúde pelo governo federal Lançada no dia 29 de maio, a Frente Pela Vida, movimento que reúne entidades de diversos setores da sociedade civil, publicou um manifesto convidando todas e todos Leia mais sobre“Não existe saúde sem democracia”[…]

1,603 total views, 1 views today

Accessibility