Formação de formadores e multiplicadores para o Controle Social

Conselho Nacional de Saúde dá sequência a projeto de Educação Permanente para Controle Social em Minas Gerais, visando a construção de rede de pessoas em defesa dos direitos básicos à saúde no Brasil.

Em junho de 2017, o Conselho Estadual de Saúde de Minas Gerais sediou a oficina piloto do projeto “Formação de formadores e multiplicadores para o Controle Social”, do Conselho Nacional de Saúde (CNS) em parceria com o Centro de Educação e Assessoramento Popular (CEAPS). Agora, a iniciativa prossegue e até março de 2018 serão realizadas quatro oficinas, de forma descentralizada, em Minas Gerais, nas regiões Leste, Triângulo Mineiro, Jequitinhonha e Norte de Minas.

Entre os temas e desafios a serem abordados a partir da perspectiva da educação popular estão: o histórico de construção da democracia e conquistas de direitos; a construção, estrutura e organização do SUS; o financiamento da saúde; o funcionamento e papel dos conselhos de saúde e; os desafios político-pedagógicos dos Conselhos, Movimentos e Organizações Sociais.

O objetivo geral do projeto é desenvolver ações que promovam a atuação qualificada do Controle Social em processos de democratização do Estado, na garantia de direitos sociais e na participação da população na política de saúde, reafirmando o caráter deliberativo dos conselhos de saúde para o fortalecimento do Controle Social no SUS (BRASIL/MS/CNS, 2006).

As oficinas formativas terão a participação de 80 participantes por região, que se dividirão em dois grupos de 40. Os participantes estarão na seguinte proporção: 30% de lideranças de movimentos e organizações populares e 70% de conselheiros e conselheiras municipais e estaduais. A seleção será feita pela Comissão Intersetorial de Educação Permanente para o Controle Social do SUS do CNS e do Conselho Estadual de Saúde de cada estado. Cada oficina terá duração de dois dias e será apoiada por equipes de formadores, contando também com o apoio de instrumentos e materiais educativos com objetivo de qualificar o processo.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas no site https://www.formacontrolesocial.org.br/.

Todas as informações, como o cronograma das oficinas nas regiões/município sede e o prazo final para inscrições, estão no Ofício Circular 031/2017, do CESMG.

238 Total de visualizações, 2 Visualizações hoje

4 comentários sobre “Formação de formadores e multiplicadores para o Controle Social

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verificação de segurança *